Eu não vim para explicar, vim para confundir

O destinos de duas agremiações do carnaval carioca, Grande Rio e Império Serrano se cruzaram com o do mais tropicalista dos comunicadores brasileiro: Chacrinha. No carnaval de 1987, o Império Serrano, com seu enredo “Com a boca no mundo, quem não se comunica se trumbica”, sugerido por Fernando Pamplona e desenvolvido por Ney Ayan, teve …

Continue lendo

O esplendor da Copa da Rússia

A Copa acabou. Por que não ir pensando numa fantasia, para o próximo carnaval, que traduza o sucesso do último grande evento do esporte bretão? Saí em busca de algum traje que desse conta da dimensão que teve o grande evento esportivo nas terras de Lênin. Eis que encontrei essa bela vestimenta, apresentada num concurso …

Continue lendo

Chacrinha, Wanderléa e Nanato

No carnaval de 2018 a Grande Rio fez uma grande homenagem a Chacrinha, que completaria 100 anos em 2017 se estivesse vivo. Iniciei a busca por um registro fotográfico do comunicador em algum evento carnavalesco para ilustrar a postagem. A ideia era descrever o périplo vivido pela agremiação de Caxias durante e depois do desfile …

Continue lendo

Debaixo do paralelepípedo, tem samba

A imagem que escolhi para homenagear os noventa anos da verde e rosa é do desfile de 1968. Ano do emblemático movimento francês que mobilizou estudantes, operários e modificou o mundo a partir de então. Em 68, a Mangueira conquistou o bicampeonato com o enredo “Samba festa de um povo”. Império Serrano, a favorita, foi …

Continue lendo

O último baile de Maluf

Na foto publicada pela Manchete vemos o então prefeito, Paulo Salim, no III Baile de Gala do Teatro Municipal de São Paulo. Uma bela festa que à semelhança do que tradicionalmente acontecia no Municipal do Rio, contou com a presença de famosos: Joan Crawford estava em São Paulo para inaugurar mais uma fabrica da Pepsi, …

Continue lendo

“O grito da liberdade” da Tuiuti em 2018

Quarta escola a entrar na Sapucaí , a Paraíso do Tuiuti levantou a Avenida. De forma surpreendente, a agremiação superou o trágico acidente com seu carro alegórico em 2016 e fez um desfile empolgante. Com a pergunta-enredo “Meu Deus, meus deus, está extinta a escravidão?”,a escola de São Cristóvão , questionou o fim do trabalho …

Continue lendo

Tem francesinha no salão

Em Hollywood, o movimento Time’s Up, apoiado por mais de 300 atrizes, conseguiu tingir de preto a cerimônia do Globo de Ouro, em protesto contra as agressões sexuais. Na França, um grupo formado por uma centena de artistas e intelectuais tomou a direção contrária ao assinar um manifesto criticando o clima de “puritanismo” sexual que …

Continue lendo

Tônia Carrero, Rainha das Atrizes de 1971

Minha memória mais antiga de Tônia Carrero vem de sua participação, no ano de 1970, na novela “Pigmaleão”. Uma adaptação de um texto do dramaturgo irlandês George Bernard Shaw. Na peça, um professor tenta transformar uma modesta vendedora de flores numa dama da sociedade. Já na novela, os papéis foram invertidos, é uma viúva rica …

Continue lendo

O Black face do Salgueiro em 2018

No carnaval de 2018 os Acadêmicos do Salgueiro, com o enredo “Senhoras do Ventre do Mundo”, que celebrou a história da mulher negra, apresentaram a bateria e comissão de frente utilizando o recurso de maquiagem conhecido como Black Face. Os componentes da bateria, representando faraós, levaram pelo menos quatro horas para serem maquiados. Segundo alguns …

Continue lendo

A vitória do carnaval sem metáforas da Beija-Flor

A Beija-Flor na primeira metade da década de setenta, durante a ditadura militar, desenvolveu enredos que faziam apologia aos governos dos generais. Em 1973, “Educação para o desenvolvimento”, sobre o Mobral. Em 1975, já no grupo especial, “O grande decênio”, enaltecia o PIS-PASEP e o FUNRURAL. A escola de samba comemorava os dez anos do …

Continue lendo

Carregar mais