Misto Toureiro

Na foto (fotografo não identificado) vemos um passisita de um dos clubes mais aplaudidos (Misto Toureiro) no desfile da Avenida Rio Branco do ano de 1983. Pela ordem, apresentaram-se os seguintes clubes: Gavião do Mar, Misto Toureiro, Bola de Ouro, Lenhadores, Batutas da Cidade Maravilhosa, Vassourinhas, Prato Misterioso e Misto Pás Douradas.A história do frevo no Rio de Janeiro tem origem na criação do Clube Carnavalesco Misto Vassourinhas, fundada em 27 de novembro de 1934, na Rua do Jogo da Bola, nº 173 – Saúde, por pernambucanos de condição modesta da zona portuária do Rio de Janeiro.Era prefeito do Rio de Janeiro, então Distrito Federal, o pernambucano Pedro Ernesto (1886-1942), criador do baile do Teatro Municipal (08 de fevereiro de 1932) e do concurso de músicas carnavalescas. Até seu falecimento em 1942, incentivou os clubes de frevo da cidade, participando da criação de vários deles, como como Bola de Ouro (1936) e com sede na Saúde, Pás Douradas (1936) com sede na Saúde, inicialmente, e após indo para Realengo.Logo surgiram os clubes carnavalescos mistos, como Batutas da Cidade Maravilhosa (1942), Lenhadores (1945), Prato Misterioso (1946), fundado em 06 de janeiro de 1946 por Henrique Bonfim e também com sede na Zona Portuária, Toureiros (1943) e Gavião do Mar (1982).(wikipedia).Muito interessante notar a tradição desses clubes no carnaval carioca. Desconheço se ainda realizam desfiles, torço para que sim.

Comentários

Comentários