Pezão você pagou com traição a quem sempre lhe deu mão

Reeleito governador (55,8%), em 2014, com apoio da presidente Dilma e do senador Aécio Neves, Pezão reuniu uma grande frente que tinha por objetivo impedir a vitória do candidato Marcelo Crivella (44,2%). Uma ampla coligação com 18 partidos defendia o voto no então governador, Sérgio Cabral renunciou ao cargo , em abril do mesmo ano. […]